Como Menino-Amor te espero
Cair nos braços meus cheios de saudade
Pra te abraçar neste dia tão suave...

És meu menino-flor, menino ousado
Com estes olhos inquisidores
Que me interpelam com esta mesma paixão

Pega-me pelo salão e loucuras faremos
Neste passo de menino- dançarino
Me apertando contra teu peito
Sussurando-me juras de Amor!

Chega pra lá, menino levado
Amor como queres não o podemos fazer
É só esperar este chorinho acabar
Amaremos então até a lua nos chamar.

Serás Mais Uma Vez Meu Menino-Amor!

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::