Jamais pensei em te deixar
Como um trem na contramão
Vislumbrei seu terno coração

Tenho medo de te perder
Sem me dares guarida
Na quase hora da partida

Quando disse que não te queria
Já te amava sem mesmo saber
Com este Amor sem nada entender

E vive, é tortura, é alegria, é achado.
Não me deixes continuar nesta procura
Saibas de uma vez que sou apenas tua!

Na Evidência deste Eterno Amor
Como meu amor e companheiro
Quero apenas te seguir aonde for

 

Eda Carneiro da Rocha
"Poeta Amor"


 

Menu ::: Voltar ::: Envie essa Página

 

 

::: CrysJuanGráficos&Design :::